Árvore certa, lugar certo

Imagino que deve ser bem antigo o ditado que diz: “Na vida devemos realizar 3 coisas: plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro.” Mais do que nunca, sinto as pessoas com uma vontade enorme de realizar a primeira dessas atividades, e com tanta gente querendo plantar, chegamos em um estágio onde é cada vez mais importante e necessário saber o máximo sobre a árvore que escolhemos.

 

Quaresmeira (Tibouchina granulosa) - plantada em calçada sob fiação elétrica.  Ótima opção de árvore paulistana!

Quaresmeira (Tibouchina granulosa) - plantada em calçada sob fiação elétrica. Ótima opção na arborização urbana! Uma árvore tipicamente paulistana!

Plantar árvores é uma equação de bom senso, principalmente quando falamos de plantio em áreas urbanas! O primeiro passo para se chegar a um resultado positivo nesta equação é começar sempre realizando um levantamento do espaço que receberá a árvore quanto aos aspectos de:

  • Insolação
  • Tipo de solo
  • Largura da calçada
  • Fiação elétrica aérea
  • Tubulação subterrânea de serviços
  • Espaço disponível para canteiro
  • Plantio sobre laje, em vaso ou direto no solo
  • Proximidade de edificações
  • Uso do espaço onde será realizado o plantio: passagem de pedestres, área de estacionamento, cercar uma área, etc.

Cada um destes aspectos nos dá base de informações para sabermos como a árvore escolhida deverá ser nas suas características:

  • Porte / altura quando adulta
  • Tipo de raiz quando adulta
  • Largura de copa quando adulta
  • Necessidade de incidência de luz direta
  • Características do solo
  • Necessidades de nutrientes
  • Destaque por suas flores, frutos, folhas ou arquitetura de tronco
  • Nativa da nossa bioregião ou exótica?

Cruzando estas informações com certeza chegaremos a um número mais limitado de espécies encontradas no mercado, que irão satisfazer nossa vontade de realizar um plantio consciente de uma árvore

Além disso, é cada vez mais importante fazer opção por espécies nativas da nossa região geográfica e bioma. Por exemplo, uma árvore nativa do Brasil não é necessariamente nativa de todas as regiões do nosso país. Árvores exóticas são assim chamadas, por não serem nativas da região onde estão vivendo. Em São Paulo, estamos em uma das regiões mais ricas em diversidade de espécies nativas no mundo, mas por falta de conhecimento e disponibilidade no mercado as pessoas acabam optando por pouquíssimas opções de espécies.

 

Figueira (Ficus microcarpa) plantada no canterio central da Av Pacaembu

Figueira (Ficus microcarpa) plantada no canterio central da Av. Pacaembu - uma grande árvore para um grande espaço. As árvores do gênero Ficus, são na maioria das vezes, de grande porte e raízes muito vigorosas. Não são recomendadas para calçadas, jardins sobre laje ou quintais de casas! Além disso, é muito difícil encontrarmos as espécies de Ficus que são nativas, a maioria das espécies encontradas nas cidades são asiáticas!

Ainda na cidade de São Paulo, podemos observar que muitas árvores foram plantadas sem nenhum tipo de reflexão sobre estes aspectos, e esta atitude sem planejamento, pode levar a termos mais tristezas do que alegrias enquanto a árvore cresce.

 

embaúbas - ótima opção paisagística

embaúbas (Cecropia sp.) - são ótimas opções de árvores nativas para arborização de ruas estreitas. Com tronco estreito, de crescimento rápido, pouco exigentes em relação ao solo e raízes muito adaptáveis - excelente idéia para fazer bonito em pouco espaço!

Bons guias trazem informações mais detalhadas sobre as referências de como devemos escolher árvores e plantá-las:

Devemos sempre ter em mente que, quando falamos em aliar o plantio de árvores com a estrutura urbanística de uma cidade, precisamos estar muito atentos aos impactos que este plantio trará e por isso quanto mais informação tivermos antes de plantar, melhor.

 

chapéu-de-sol desconfigurado

Chapéu-de-sol ou amendoeira (Terminalia catappa) é uma árvore de copa larga e grande porte. Devido ao seu crescimento não compatível com a fiação elétrica da cidade, sua copa que é de arquitetura belíssima, foi completamente desconfigurada para adequação ao espaço urbano.

Terminalia catappa

About these ads

11 Respostas para “Árvore certa, lugar certo

  1. boa noite,

    Adorei seu trabalho.
    Possuimos uma area na beira do Rio, e gostaria de uma orientação para saber que tipo de arvores posso planta nessa area de aproximadamente 200m2 na beira do Rio, formada por areia.
    Ja temos nessa area 02 pes de manga antigos, 03 coqueiros anão que plantei em fevereiro e 04 ficus(esses foram com a finalidade de dar suporte a area e quando o Rio subir e descer não levar a area e terra toda da area não provocando crateras ou desmoronamento e erosoes).

  2. Pingback: Como plantar uma árvore? « Blog do Árvores Vivas·

  3. Gostei muito de seu trabalho.
    Quero reflorestar uma pequena área em terreno íngreme, longe do rio, em Domingos Martins.Posso utilizar paineiras, aroeiras e pau-brasil? Indica mais alguma espécie?
    Grata por sua atenção.
    Regina

  4. ola,gostaria se fosse possivel,que me indicassem uma arvore,para plantar em jardim,que proporcione uma boa sombra,mas que tenha raizes curtas,pra q nao abale a estrutura da casa,nem as instalacoes hidraulicas,como canos de abastecimento de agua e tambem de esgoto.aguardo uma resposta.obrigada pela atencao ,desde ja.

    • Olá Veridiana, recomendamos árvores nativas e frutíferas, principalmente da família das Myrtaceas – pintagueira, cerejeira-do-rio-grande, cambuci, jaboticabeira, uvaia, grumixama. As raízes delas não afetarão sua estrutura e também atrairão avifauna. Pode também optar por ipê-amarelo que possui raiz pivotante

  5. Olá!
    Obrigada pelas informações tão preciosas!!!!!
    Moro numa área de largura de 3,70 m de largura (já no limite do muro do vizinho)e gostaria de plantar primavera, cambuci, e uma bananeira nas laterais desta área. Será que há a possibilidade destas árvores se desenvolverem sem prejudicar tubulações da minha casa e dos meus vizinhos?
    Muito obrigada!!!

  6. Boa Tarde!
    Moro na zonta Norte do Rio de Janeiro-Capital, e a incidência de sol na minha calçada é durante o dia todo. Eu gostaria de saber qual o tipo de árvore para plantar na minha calçada, e se possivel que tenha flores… Tenho um Ipê Amarelo mas não se se foi isso devido calor extremo em janeiro.. as folhas secaram ..e tive cortar os galhos e deixei o tronco para ver se brota, ou não… mas se não brotar , queria que me indicasse outro tipo de arvore para plantar.
    Um abraço!

  7. Boa noite! Sou de Goiania e gostaria de plantar no meu quintal uma arvore que tenha raiz pivotante e que creca rapido para eu fazer uma casa na arvore futuramente, para realizar um sonho de quando era crianca. Gostaria que a copa ficasse bem grande tenho bastante espaco. Obrigada desde ja

    • Olá Raquel, recomendamos muito os ipês. Têm algumas espécies que crescem bastante e a madeira é muito resistente. Pesquise um pouco sobre as espécies nativas da sua região e as que atingem maior porte. Sucesso no seu projeto!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s