Somos todos um e estamos conectados!

por Juliana Gatti

Somos sensíveis em relação a nossa própria natureza?

Temos empatia por outros seres vivos? Compaixão?

Notamos conscientemente a teia da vida?

Nossa própria existência neste planeta está intimamente ligada a uma rica e complexa rede de conexões de seres animais, minerais e vegetais. Como estamos agindo, no nosso dia-a-dia, para promover a continuidade e fortalecimento destas conexões?

São pequenas atitudes responsáveis e conscientes desta unidade que somos – coerentes com nosso próprio tamanho e quantidades de células que temos no nosso corpo – vivendo neste planeta que também é vivo – que farão a diferença!

Pensando nisto, fiquei muito feliz e emocionada quando assisti pela primeira vez este lindo vídeo que mostra detalhes de um dos processos mais essenciais para a nossa sobrevivência – a polinização!

Você já parou para pensar onde vivem estes pequenos, rápidos e delicados animais que garantem a produção da maior parte dos nossos alimentos?  Muitos deles nas árvores, em meio a vegetação, nas matas ou até mesmo parques e praças da sua cidade!

Exatamente por isso, quando li estes dois artigos de seres humanos – que vivem no meio urbano, mas que desejam ter uma vida mais saudável, bonita e garantir o bem estar não só deles, mas de todo um grupo de pessoas e animais que vivem perto de suas casas – fiquei bastante triste. E por isso compartilho aqui, com todos vocês, a história que eles contaram.

Mariana Santos – germinou, cuidou e criou vínculos emocionais com uma linda árvore, muito especial e querida por toda a sua família. Leia neste link a história da árvore que ela plantou para todos os outros seres humanos da cidade dela! (http://colorindodeverde.wordpress.com/2011/10/31/estamos-duros-demais/)

Márcio Duarte – sempre admirava a vida daquela árvore linda que morava em sua rua, até que semana passada ela deixou de existir. Saiba mais sobre o Despejo do Pau-ferro, no texto que o próprio Márcio também escreveu ao ter que lidar com a partida deste ser vegetal que deixava sua vida mais viva! (http://envolverde.com.br/noticias/despejo-do-pau-ferro/)

Anúncios

2 Respostas para “Somos todos um e estamos conectados!

  1. As populações de insetos são muito variadas: mosquitos, formigas, borboletas, etc. No solo vivem muitos seres, como porcos-do-mato, as antas, além de aves, répteis, moluscos, vermes, aracnídeos e decompositores, como bactérias e fungos. Estes últimos seres têm um papel fundamental na vida dessa floresta. Eles decompõem folhas e galhos que caem das árvores, assim como os restos animais que vão se depositando no chão, transformando-os em matéria inorgânica, que é devolvida ao solo. Assim reinicia-se o ciclo da matéria nesse complexo e surpreendente ecossistema.

  2. Os cientistas não conseguem calcular com exatidão o número de espécie de seres vivos que habitam o nosso planeta. A diversidade biológica é muito grande, porém estima-se que haja em torno de 10 a 15 milhões de espécies da fauna, flora e microorganismos. Deste total, de 5 a 8 milhões seriam insetos, 400 mil seriam plantas, 60 mil de animais vertebrados, 5 mil mamíferos e 10 mil aves.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s