De onde vem a árvore?

post1

por Juliana Gatti

Que existem árvores nas cidades, a gente sabe. Elas estão por ai!  Mas, e hoje, com quantas você encontrou no seu caminho?

– No meu caminho? Árvores? Acho que não tem nenhuma. Calma, calma. Vi uma. Me lembrei porque é um ipê-rosa, está bem florido agora no inverno.

E outras árvores? Tem certeza de que não tinha mais nenhuma?

– Difícil dizer, né! Elas são todas iguais. A parte de cima verde, tronco marrom. Acabo nem prestando atenção direito, elas passam despercebidas.

Mas tem algum momento em que você percebe mais as árvores?

– Ah, claro, é uma delícia quando estão com frutas. Adoro comer fruta no pé. Na cidade faço isso muito pouco. Ando mais de carro, taxi ou de metrô. Caminho pouco pelas ruas. Acho que na cidade árvore não deve dar fruta.

Árvores são tão importantes que a presença delas é como um universo de sabedorias, de trocas, de ciclos. Recebemos presentes e condições de vida diretamente da existência de cada uma, mas o que damos em troca? Precisamos dar algo em troca? De onde vem a árvore?

continue a leitura aqui

publicado originalmente no portal Conexão Planeta
24 de agosto de 2015

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s